NOVIDADES

Justiça arquiva denúncias contra a Karol Conká

1 de março de 2021 às 20:24

Por: Isabella Vieira / Rede Clube Fm Brasil

 

Mesmo com todas as atitudes polêmicas dentro do Big Brother Brasil, o Ministério Público do Rio de Janeiro resolveu arquivar 9 das 25 denúncias feitas contra Karol Conká. A rapper, de 34 anos, virou alvo de diferentes processos que envolviam comportamentos, principalmente, com Juliette e o ex-BBB, Lucas Penteado.

As denúncias envolviam os crimes de injúria e violência psicológica, além de xingar e isolar o brother, Karol ainda zombou da advogada e fez comentários maldosos contra a sister para os demais participantes do reality.//

Depois de ter recebido as denúncias, o Ministério Público decidiu não instaurar um inquérito e solicitou o arquivamento das queixas à Justiça. “Acolho a promoção ministerial pelas razões despendidas e determino o arquivamento do inquérito policial. Comunique-se. Ciência ao MP”, escreveu o juiz Aylton Cardoso Vasconcellos, titular da 2ª Vara Criminal, que arquivou 4 processos. Os outros 5 foram arquivados pela juíza Raphaela de Almeida Silva, da 1ª Vara Criminal regional de Jacarepaguá. Para a promotora, a maioria dos relatos são genéricos e não se enquadram em um crime específico.

 

ARREPENDIMENTO

Karol Conká participou, neste domingo (28), do “Domingão do Faustão” e falou sobre a participação no BBB 21 e da eliminação recorde de rejeição com 99,17% dos votos. A cantora falou dos problemas que enfrentou dentro da casa que refletiram nas atitudes dentro da casa. 

“Eu ainda não sei o que eu fui fazer lá dentro, o que eu fiz da minha vida. Tive uma crise de ansiedade, um distúrbio, dá para perceber, estava bem diferente do que eu já apresentava aqui fora, as pessoas que trabalham comigo também não me reconheceram”, contou.

Agora, Conká se sente arrependida. E durante o programa do Faustão, a rapper confessou que às vezes não se reconhecia a ponto de reconhecer que precisava de ajuda profissional.

“Na verdade, eu cheguei nessa conclusão lá dentro da casa. Estava me sentindo muito amarga, eu estava pedindo diversas vezes para sair, me sentindo muito mal, com muito remorso e fui me afundando na amargura e fui descontando meu transtorno, minha frustração em todo mundo que estava ali”, explicou. 

A programação da Globo de domingo focou na rejeição da Karol Conká e tentou esclarecer os erros da cantora. A ex-BBB também apareceu no Fantástico e confessou que muitas atitudes que tomou dentro do reality aconteceram como reflexo das mágoas que passou desde criança. 

“Eu era muito rejeitada não pela minha família, mas no colégio. Um menino no colégio falou: ‘mergulhe numa piscina de água sanitária para falar comigo”, disse. “Foi tipo uma gincana. Cada um entrega alguma coisa e eu falei: deixa que eu escrevo um som. Desde aquele dia, os meninos pararam de me xingar. Aí não era só a neguinha boba. Eu era a Karol Conká, a menina que faz umas rimas, que entende de rap”, revelou.  

CONFIRA MAIS NOVIDADES