Afiliadas
Você está em:
DF - Brasília
105.5 FM
Filtrar por Regiões
Todas
Nordeste
Norte
Centro-Oeste
Sudeste
Sul
DF - Brasília
105.5 FM
MG - Belo Horizonte
96.5 FM
GO - Goiânia
Rede
MA - Pinheiro
90.9 FM
MG - Bueno Brandão
88.3 FM
MG - Buritis
91.9 FM
MG - Divino
102.9 FM
MG - Fervedouro
90.3 FM
MG - Medeiros – Circuito da Canastra
107.5 FM
MG - Paraíso
103.9 FM
MG - Serra da Mantiqueira
98.1 FM
MG - Sul de Minas
103.1 FM
MG - Taiobeiras
107.1 FM
MG - Unaí
93.1 FM
MT - Sapezal
97.3 FM
MT - Vera
90.9 FM
PA - Redenção
91.1 FM
PA - Tucuruí
90.9 FM
RO - Ariquemes
92.3 FM
RO - Conesul
100.9 FM
RO - Ji-Paraná
93.7 FM
RO - São Francisco do Guaporé
88.7 FM
RO - São Miguel do Guaporé
99.7 FM
SP - Barretos
100.1 FM
SP - Bebedouro
91.7 FM
SP - Campinas
Rede
SP - Catanduva
106.9 FM
SP - Centro-Oeste Paulista
88.7 FM
SP - Itapeva
93.5 FM
SP - Ipuã
92.5 FM
SP - Mogi Guaçu
88.1 FM
SP - Pirassununga
90.1 FM
SP - São José do Rio Preto
88.9 FM
PR - Foz do Iguaçu
93.7 FM
PR - Palotina
99.3 FM
RS - Erechim
90.7 FM
RS - Casca
88.5 FM
RS - Ciríaco
88.9 FM
RS - Panambi
88.7 FM
RS - Putinga
101.1 FM
RS - Santo Ângelo
94.5 FM
RS - Não Me Toque
95.7 FM
SC - Blumenau
89.1 FM
SC - Itajaí
102.1 FM
Ao Vivo
105.5 FM

Brasília está livre de ficar sem arroz e feijão pelas inundações no RS

Cidade
Publicado em

Clube FM

Ao CB.Agro, o Secretário Executivo da pasta de Agricultura do DF, Rafael Bueno, destacou os avanços da agropecuária local

Por Correio Braziliense

O Distrito Federal é autossuficiente na produção de arroz, feijão e hortaliças.

Por isso, a capital federal está livre de um eventual desabastecimento resultante das enchentes que afetam o Rio Grande do Sul, um dos maiores produtores do cereal, entre outros produtos.

As garantias são do Secretário Executivo de Agricultura do Distrito Federal, Rafael Bueno, entrevistado do programa CB.Agro — parceria entre o Correio e a TV Brasília — desta sexta-feira (10/5).

Em declarações aos jornalistas Roberto Fonseca e Vinícius Dória, ele também comentou sobre a importância do turismo rural e do DF ter sido declarado livre de febre aftosa. 

“No caso do feijão, o DF é autossuficiente em sua produção. Inclusive, nós temos até um excedente. Já para o arroz, o Rio Grande do Sul é o principal produtor do Brasil, mas muitos produtores brasilienses não se sentiram atraídos pelos valores baixos do milho e acabaram plantando esse grão, que vinha com cotações melhores. Há empresas de processamento próximas ao DF que, com certeza, garantirão parte do abastecimento”, detalhou Bueno.

Boas perspectivas

Na entrevista, o Secretário também ressaltou o crescimento do turismo rural nas propriedades rurais locais.

“O Distrito Federal tem um potencial fantástico quando a gente fala de turismo rural”, afirmou. Ele listou o surgimento de vinícolas, a realização de eventos como a Festa do Morango e iniciativas como “colha & pague” — em que a pessoa paga uma taxa para colher frutas em pomares de chácaras e fazendas — como responsáveis pelo aumento do faturamento desse segmento econômico.

Outro ponto que o Secretário Executivo destacou foi a saúde e a qualidade do rebanho bovino candango.

“O Ministério da Agricultura nos deu há poucos meses a outorga de que o DF se inclui em uma área livre de febre aftosa, sem a necessidade de vacinação”, sublinhou.

Ele explicou que essa conquista abre caminho para que Brasília se torne um exportador internacional de carne.

Bueno comentou a realização do AgroBrasília, que ocorrerá no Parque Ivaldo Cenci, no Paranoá, entre os 21 e 25 maio.

Ele disse que essa feira permite aos visitantes conhecerem “a potência e a força” da agropecuária do Distrito Federal.

Veja Também
Veja Mais
Aplicativo Clube
Baixe o App da Clube e fique por dentro de tudo, o tempo todo.
O aplicativo de rádio mais legal da internet. Acompanhe a sua Clube em qualquer lugar!
App Clube
Contatos