Afiliadas
Você está em:
DF - Brasília
105.5 FM
Filtrar por Regiões
Todas
Nordeste
Norte
Centro-Oeste
Sudeste
Sul
DF - Brasília
105.5 FM
MG - Belo Horizonte
96.5 FM
GO - Goiânia
Rede
MA - Pinheiro
90.9 FM
MG - Bueno Brandão
88.3 FM
MG - Buritis
91.9 FM
MG - Divino
102.9 FM
MG - Fervedouro
90.3 FM
MG - Medeiros – Circuito da Canastra
107.5 FM
MG - Paraíso
103.9 FM
MG - Serra da Mantiqueira
98.1 FM
MG - Sul de Minas
103.1 FM
MG - Taiobeiras
107.1 FM
MG - Unaí
93.1 FM
MT - Sapezal
97.3 FM
MT - Vera
90.9 FM
PA - Redenção
91.1 FM
PA - Tucuruí
90.9 FM
RO - Ariquemes
92.3 FM
RO - Conesul
100.9 FM
RO - Ji-Paraná
93.7 FM
RO - São Francisco do Guaporé
88.7 FM
RO - São Miguel do Guaporé
99.7 FM
SP - Barretos
100.1 FM
SP - Bebedouro
91.7 FM
SP - Campinas
Rede
SP - Catanduva
106.9 FM
SP - Centro-Oeste Paulista
88.7 FM
SP - Itapeva
93.5 FM
SP - Ipuã
92.5 FM
SP - Mogi Guaçu
88.1 FM
SP - Pirassununga
90.1 FM
SP - São José do Rio Preto
88.9 FM
PR - Foz do Iguaçu
93.7 FM
PR - Palotina
99.3 FM
RS - Erechim
90.7 FM
RS - Casca
88.5 FM
RS - Ciríaco
88.9 FM
RS - Panambi
88.7 FM
RS - Putinga
101.1 FM
RS - Santo Ângelo
94.5 FM
RS - Não Me Toque
95.7 FM
SC - Blumenau
89.1 FM
SC - Itajaí
102.1 FM
Ao Vivo
105.5 FM

Marinha, Exército e FAB se unem em operações de apoio à população do RS

Brasil
Publicado em

Clube FM

Militares atuam na arrecadação e distribuição de donativos, assim como no resgate e tratamento médico de vítimas das enchentes

Por Correio Braziliense

A Marinha do Brasil (MB), o Exército Brasileiro (EB) e a Força Aérea Brasileira (FAB) mobilizam operações em apoio à população do Rio Grande do Sul, que sofre com o agravamento das enchentes que assolam o estado desde o último dia 30 de abril.

Enquanto as ações da MB integram a Operação “Abrigo Pelo Mar – RS”, a Operação Taquari 2 abrange a atuação do EB e da FAB, que também foi a responsável pelo lançamento da campanha “Todos Unidos Pelo Sul”. As ações incluem o envio de veículos e oficiais para resgate de vítimas, a entrega de donativos e o tratamento de feridos.

Junto a voluntários, a FAB e o EB realizam, na manhã deste sábado (11/5), o envio de 400 toneladas de donativos para Canoas (RS), em mais uma etapa da campanha “Todos Unidos Pelo Sul”. Uma aeronave da FAB — que decola da Base Aérea de Brasília —, 20 carretas do Exército, além de veículos de empresários voluntários realizam o transporte de roupas, colchonetes, água e alimentos rumo ao município.

A campanha, lançada no dia 30 de abril, já arrecadou 1.500 toneladas de donativos, recebidos nas bases aéreas de Brasília, do Galeão (RJ) e de São Paulo (SP). Os insumos são enviados à Base Aérea de Canoas diariamente, por aeronaves da FAB.

Além das entregas à Base Aérea, a FAB iniciou, nessa quinta-feira (9/5), as missões de lançamento de donativos por paraquedas, visando facilitar e agilizar o atendimento à população isolada pela obstrução de estradas.

O primeiro carregamento continha cerca de 2,4 toneladas de fardos de água e cestas básicas e foi lançado a partir da aeronave C-105 Amazonas do 1º Esquadrão do 15º Grupo de Aviação (1º/15º GAV) – Esquadrão Onça.

Operação Taquari 2

Coordenada pelo Ministério da Defesa e reunindo esforços do Exército e da FAB, a Operação Taquari 2 tem atuado no resgate da população das áreas afetadas pelas enchentes, por via marítima, aérea e terrestre. Além disso, veículos estão sendo utilizados no transporte de medicamentos, insumos hospitalares, alimentos, água e materiais de higiene para pessoas desabrigadas e comunidades ilhadas.

As Forças também estão responsáveis pelo transporte e manutenção dos hospitais de campanha, assim como dos insumos que os abastecem.

Segundo o último balanço, divulgado às 10h desta sexta (10/5) pelo Exército, a Operação já resultou no resgate de mais de 63 mil pessoas e mais de sete mil animais, na entrega de centenas de toneladas de refeições, mantimentos e medicamentos, de milhares de litros de água potável para hospitais, abrigos e pessoas isoladas e na desobstrução de estradas permitindo o fluxo de pessoas, bens e serviços.

Os efetivos das Forças despendidos para a Operação, até o momento, são de mais de 20 mil militares, policiais e agentes; mais de nove mil viaturas; 90 equipamentos de engenharia; mais de 50 aeronaves; mais de 280 embarcações e seis navios multitarefas, além da instalação e manutenção de seis hospitais de campanha.

Além das ações diretas, a FAB tem realizado trabalhos de inteligência focados na prevenção de novos eventos climáticos e de colapso de novas estruturas no RS. Nessa quinta, o 1º Esquadrão do 10º Grupo de Aviação (1°/10° GAV) – Esquadrão Poker, realizou uma missão de reconhecimento aéreo de estruturas sob risco, com duas aeronaves A-1M — especializadas em reconhecimento tático —, em que foram avaliadas 13 barragens e duas pontes.

A Força também tem utilizado imagens de satélite para identificar e monitorar áreas de risco em regiões suscetíveis a eventos climáticos extremos, como as enchentes no Rio Grande do Sul.

Segundo a FAB, as imagens têm sido utilizadas para alimentar diversos órgãos de inteligência, como o próprio Comando Conjunto Ativado para a Operação Taquari, a Polícia Federal, as Universidades Federais de Santa Maria (UFSM) e do Rio Grande do Sul (UFRGS), a Universidade do Vale do Taquari, o Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), entre outros.

Operação “Abrigo Pelo Mar – RS”

As ações da Marinha, na Operação “Abrigo Pelo Mar – RS”, são similares e complementares às do Exército e da FAB.

As ações incluem o envio de veículos e oficiais para resgate de vítimas, a entrega de donativos e o tratamento de feridos – (crédito: Ed Alves/CB/DA.Press)

Neste sábado, o Navio Aeródromo Multipropósito (NAM) “Atlântico” atraca em Rio Grande (RS), junto com a Fragata Defensora, trazendo uma comissão de 1.350 militares, 154 toneladas de donativos, 38 viaturas, 24 embarcações de pequeno e médio porte, três helicópteros, além de duas estações móveis para tratamento de água, capazes de produzir um total de 20.000 litros de água potável por hora.

Segundo o levantamento divulgado nesta sexta pela Marinha, a Operação já mobilizou oito navios, 11 helicópteros, 70 viaturas, dois mil militares — 480 deles sendo fuzileiros navais —, duas estações móveis para tratamento de água, 78 mil litros de água, um hospital de campanha com 43 médicos e enfermeiros e 40 leitos, e 200 toneladas de doações.

No primeiro dia de funcionamento do hospital de campanha da Marinha, nessa quinta, 92 pessoas foram atendidas pela Força Naval na cidade de Guaíba.

Henrique Fregonasse*

*Estagiário sob supervisão de Ronayre Nunes

Veja Também
Veja Mais
Aplicativo Clube
Baixe o App da Clube e fique por dentro de tudo, o tempo todo.
O aplicativo de rádio mais legal da internet. Acompanhe a sua Clube em qualquer lugar!
App Clube
Contatos