Afiliadas
Você está em:
DF - Brasília
105.5 FM
Filtrar por Regiões
Todas
Nordeste
Norte
Centro-Oeste
Sudeste
Sul
DF - Brasília
105.5 FM
MG - Belo Horizonte
96.5 FM
GO - Goiânia
95.9 FM
SP - Campinas
99.7 FM
CE - Jericoacoara
91.7 FM
MG - Bueno Brandão
88.3 FM
MG - Buritis
91.9 FM
MG - Circuito da Canastra
107.5 FM
MG - Divino
102.9 FM
MG - Fervedouro
90.3 FM
MG - Sul de Minas
103.1 FM
MG - Taiobeiras
107.1 FM
MG - Unaí
93.1 FM
MT - Sapezal
97.3
MT - Vera
90.9 FM
PA - Tucuruí
90.9 FM
PR - Foz do Iguaçu
93.7 FM
PR - Palotina
99.3 FM
RS - Erechim
90.7 FM
RS - Ciríaco
88.9 FM
RS - Panambi
88.7 FM
RS - Putinga
101.1 FM
RS - Santo Ângelo
94.5 FM
RO - Ariquemes
92.3 FM
RO - Conesul
100.9 FM
RO - Ji-Paraná
93.7 FM
RO - São Francisco do Guaporé
88.7 FM
RO - São Miguel do Guaporé
99.7 FM
SC - Itajaí
102.1 FM
SP - Barretos
100.1 FM
SP - Catanduva
106.9 FM
SP - Itapeva
93.5 FM
SP - Pirassununga
90.1 FM
SP - São José do Rio Preto
107.9 FM
RS - Casca
88.5 FM
RS - Não Me Toque
95.7 FM
Ao Vivo
105.5 FM

Talitha Morete pede desculpas após ato racista na TV

TV e Famosos
Publicado em

Clube FM

Ao requerer que uma senhora negra sirva a cocada que a própria senhora negra fez aos convidados do É de Casa, Talitha demonstrou, na prática, o que é o racismo estrutural

Por: Morillo Carvalho, editor Clube.FM

Racismo é racismo, e chamar o episódio de “estrutural” é, de alguma maneira, atenuar o ocorrido. Por outro lado, quando não há agressão explícita, é mais difícil de ser compreendido, e por isso o episódio está na categoria do “estrutural”: porque revela como se deu a construção do racismo no país, ao colocar negros sempre como serviçais. Ainda que, como neste caso concreto, o lugar correto da pessoa negra seja o de chef de cozinha, a autora do prato – e não é comum que chefs sirvam.

Dona Silene, convidada do programa É de Casa, da TV Globo, fez cocadas. Receita típica de festa junina, tema do programa. Simpática, Talitha Morete sai de uma ponta do estúdio até a outra, levando o prato de dona Silene até ela, dizendo que teria que servir a todos. Uma cena que parece não ter nada demais, mas só para quem é branco – é que inúmeras foram as mães, avós, filhas, a estarem nessa mesma posição, a do servir. Ainda que, como no caso do programa, a pessoa negra seja a convidada.

Manoel Soares, no entanto, prontamente demonstrou como se deve lidar com o racismo estrutural:

É óbvio que a protagonista da cena o fez sem a intenção: é aí onde se revela a estrutura do racismo. Torna-se tão natural que não se pensa que um gesto cotidiano possa estar reproduzindo agressões. Por isso, agora, ela pede desculpas. Mas destaque-se: Talitha não procura se justificar, nem dizer que “não foi intencional”, e sim que irá transformar o episódio em aprendizado.

Manoel, companheiro de tela de Talitha, a respondeu:

Talita, acho que o mais importante é Dona Silene (@cocadasdasilene) estar bem diante de toda essa repercussão. Em segundo lugar você não só entender, mas internalizar a compreensão do fato garantindo que isso não se repetirá, nem com você, nem perto de você. Inúmeras vezes você e as outras colegas de apresentação me ajudaram a mapear e reduzir meu machismo estrutural, sou grato por isso, assim como deve existir em você agora uma gratidão por essas pessoas que muitas vezes de forma ácida apontam o rumo certo de comportamento racial. Sei que a internet é agressiva às vezes, já fui alvo, nessas críticas tem dores quem vão além de além de você e quem vem antes de você, meu desejo é que o resultado desse episódio seja pedagógico e construtivo não só para você, mas para o Brasil. Você é minha amiga e vamos estar juntos nas telas da vida buscando sempre nossa evolução diária como pessoas e comunicadores. Beijo no coração.

Veja Também
Aplicativo Clube
Baixe o App da Clube e fique por dentro de tudo, o tempo todo.
O aplicativo de rádio mais legal da internet. Acompanhe a sua Clube em qualquer lugar!
App Clube
Contatos