Afiliadas
Você está em:
DF - Brasília
105.5 FM
Filtrar por Regiões
Todas
Nordeste
Norte
Centro-Oeste
Sudeste
Sul
DF - Brasília
105.5 FM
MG - Belo Horizonte
96.5 FM
GO - Goiânia
Rede
SP - Campinas
Rede
MT - Vera
90.9 FM
PA - Tucuruí
90.9 FM
RO - Ariquemes
92.3 FM
RO - Conesul
100.9 FM
RO - Ji-Paraná
93.7 FM
RO - São Francisco do Guaporé
88.7 FM
RO - São Miguel do Guaporé
99.7 FM
MG - Bueno Brandão
88.3 FM
MG - Buritis
91.9 FM
MG - Medeiros – Circuito da Canastra
107.5 FM
MG - Divino
102.9 FM
MG - Fervedouro
90.3 FM
MG - Sul de Minas
103.1 FM
MG - Taiobeiras
107.1 FM
MG - Unaí
93.1 FM
SP - Barretos
100.1 FM
SP - Catanduva
106.9 FM
SP - Itapeva
93.5 FM
SP - Pirassununga
90.1 FM
SP - São José do Rio Preto
107.9 FM
PR - Foz do Iguaçu
93.7 FM
PR - Palotina
99.3 FM
RS - Erechim
90.7 FM
RS - Ciríaco
88.9 FM
RS - Panambi
88.7 FM
RS - Putinga
101.1 FM
RS - Santo Ângelo
94.5 FM
SC - Itajaí
102.1 FM
RS - Casca
88.5 FM
RS - Não Me Toque
95.7 FM
CE - Jericoacoara
91.7 FM
MT - Sapezal
97.3
PA - Redenção
91.1 FM
Ao Vivo
105.5 FM

Tite assina rescisão contratual e finaliza oficialmente ciclo na Seleção

Esporte
Publicado em

Clube FM

Com a saída confirmada desde a eliminação do Brasil na Copa do Mundo Qatar-2022, Tite deu o último adeus somente nesta terça-feira. CBF ainda estuda nome do substituto

Por Correio Braziliense

Um mês e oito dias depois da inesquecível eliminação do Brasil para a Croácia, Tite assinou a rescisão de contrato, na manhã desta terça-feira (17/1), na sede da CBF. Agora de forma definitiva, o fim da Era Tite acontece após seis anos e meio de trabalhos na Seleção Brasileira. Outra mudança foi a saída de Juninho Paulista. Apesar de várias especulações entre torcedores, a entidade ainda não escolheu o futuro treinador da equipe brasileira.

Com o ciclo encerrado, Tite se despediu sem conceder entrevistas à imprensa nacional. De maneira informal, o ex-comandante da Seleção agradeceu aos profissionais da imprensa pelo carinho. “Aqui é o Adenor falando. Quero agradecer aos atletas, aos funcionários, a vocês da imprensa, com quem pode ter havido divergências de opinião, mas sempre houve respeito”. Além de Tite, Cleber Xavier, César Sampaio e Matheus Bachi, membros da comissão técnica fixa, e os analistas de desempenho Thomaz Araujo e Bruno Baquete também encerraram os trabalhos com a equipe canarinha.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ainda trabalha para definir o novo nome do comando técnico da equipe do Brasil. A demora, entretanto, alimenta especulações entre os torcedores. Já foram cotados nomes como Mano Menezes, Fernando Diniz, Renato Gaúcho, Cuca, Abel Ferreira e Jorge Jesus. Os nomes de profissionais de pontas da Europa também foram chegaram a ser citados. José Mourinho foi o primeiro. Na sequência, o italiano Carlo Ancelotti (Real Madrid), o catalão Guardiola (Manchester City) e o francês Zinedine Zidane (desempregado).

A saída de Tite não foi a única. Nos próximos dias, a cúpula da CBF deve anunciar a demissão do coordenador de futebol Juninho Paulista. Ele começou os trabalhos com a seleção em 2019, quando chegou para ocupar o cargo de Edu Gaspar. Antes disso, Juninho atuou como diretor de desenvolvimento de futebol. Ele permanece no cargo por mais alguns dias.

No comando da seleção

Tite assumiu a Seleção Brasileira em junho de 2016, ocupando o lugar de Dunga. Em 81 jogos, acumulou 60 vitórias, 15 empates e seis derrotas, com aproveitamento de 80%. Foi eliminado duas vezes nas quartas de final da Copa contra Bélgica (2018) e Croácia (2022), ganhou a Copa América em 2019 e perdeu o título em casa para a Argentina, em 2021.

Veja Também
Aplicativo Clube
Baixe o App da Clube e fique por dentro de tudo, o tempo todo.
O aplicativo de rádio mais legal da internet. Acompanhe a sua Clube em qualquer lugar!
App Clube
Contatos