Afiliadas
Você está em:
DF - Brasília
105.5 FM
Filtrar por Regiões
Todas
Nordeste
Norte
Centro-Oeste
Sudeste
Sul
DF - Brasília
105.5 FM
MG - Belo Horizonte
96.5 FM
GO - Goiânia
95.9 FM
SP - Campinas
99.7 FM
CE - Jericoacoara
91.7 FM
MG - Bueno Brandão
88.3 FM
MG - Buritis
91.9 FM
MG - Circuito da Canastra
107.5 FM
MG - Divino
102.9 FM
MG - Fervedouro
90.3 FM
MG - Sul de Minas
103.1 FM
MG - Taiobeiras
107.1 FM
MG - Unaí
93.1 FM
MT - Sapezal
97.3
MT - Vera
90.9 FM
PA - Tucuruí
90.9 FM
PR - Foz do Iguaçu
93.7 FM
PR - Palotina
99.3 FM
RS - Erechim
90.7 FM
RS - Ciríaco
88.9 FM
RS - Panambi
88.7 FM
RS - Putinga
101.1 FM
RS - Santo Ângelo
94.5 FM
RO - Ariquemes
92.3 FM
RO - Conesul
100.9 FM
RO - Ji-Paraná
93.7 FM
RO - São Francisco do Guaporé
88.7 FM
RO - São Miguel do Guaporé
99.7 FM
SC - Itajaí
102.1 FM
SP - Barretos
100.1 FM
SP - Catanduva
106.9 FM
SP - Itapeva
93.5 FM
SP - Pirassununga
90.1 FM
SP - São José do Rio Preto
107.9 FM
RS - Casca
88.5 FM
RS - Não Me Toque
95.7 FM
Ao Vivo
105.5 FM

Giovanna Ewbank admite que deu tapas na mulher racista e Bruno Gagliasso alerta: ‘Não confundam’

Buzz
Celebridades
TV e Famosos
Publicado em

Clube FM

“Na verdade, ela não agrediu. A minha mulher reagiu. Não confundam a reação do oprimido com a ação do opressor’’, disse Bruno Gagliasso, defendendo Gio

Por Flavia Almeida / O Fuxico

Dois belos tapas. Sim, Giovanna Ewbank bateu na mulher que cometeu ato racista contra seus filhos, Titi e Bless, no sábado 30 de julho, na Costa da Caparica, em Portugal. Em entrevista ao “Fantástico’’, no domingo, 31, a apresentadora e o marido, Bruno Gagliasso detalharam o episódio.

Maju Coutinho, indagou se, de fato, a Giovanna havia “partido pra cima” da mulher: “Falou-se que você bateu na moça, deu um tapa na mulher racista. Isso ocorreu?”, perguntou Maju.

Chorando, bastante nervosa com a situação, a atriz admitiu que reagiu cuspindo e batendo no rosto da mulher: “Ocorreu’’, confirmou Giovanna Ewbank.

Bruno, então, fez questão de amparar a mulher e aproveitou para fazer um alerta: “Na verdade, ela não agrediu. A minha mulher reagiu. Não confundam a reação do oprimido com a ação do opressor’’, destacou o ator.

Giovanna conta qual foi a reação de Titi e Bless

Durante toda a entrevista, Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank se emocionaram ao lembrar do caso. E contaram como Titi e Bless reagiram ao ocorrido.

“Foi a primeira vez que a minha filha me viu combatendo o racismo de frente, porque a gente fala muito sobre isso com eles, mas ela nunca tinha me visto combatendo de frente como foi feito. Ela ficou muito assustada e ao mesmo tempo se sentiu protegida e forte, sabe, Maju?”,

disse a mãe das crianças, chorando.

“O Bless não percebeu muita coisa porque ele tava brincando, mas a Titi entendeu tudo”,

completou ela.

Além de Titi, de 9 anos, e Bless, de 7, ambos nascidos no Malawi, país da África, e adotados pelo casal de atores, Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso são pais de Zyan, de 2 anos.

Entenda o caso

Um vídeo que viralizou nas redes sociais mostra que uma mulher branca teria dito para “tirar aqueles pretos imundos dali”, referindo-se a Títi e Bless.

Logo aparece Giovanna soltando o verbo e detonando a mulher, enquanto Bruno Gagliasso, ao seu lado, não interfere na discussão. A famosa afirma que ela merecia “um soco na cara’.

Leia também: Giovanna fala sobre o caso e ser consciente de seus privilégios

Em outro vídeo, a mulher racista aparece sendo presa. No entanto, ela foi solta em seguida, após alegar que estara alcoolizada.

Em nota, o restaurante Clássico Beach Club, onde tudo aconteceu, repudiou a atitude racista da mulher e se colocou à disposição para disponibilizar as imagens gravadas pelas câmeras de segurança.

A assessoria do casal detalhou o ocorrido. Leia na íntegra:

“Comunicamos que os filhos do casal Giovanna Ewbank e Bruno Gagliasso foram vítimas de racismo no restaurante Clássico Beach Club, na Costa da Caparica, em Portugal, neste sábado, dia 30 de julho, onde a família passa férias.

Uma mulher branca, que passava na frente do restaurante, xingou, deliberadamente, não só Títi e Bless, mas também a uma família de turistas Angolanos que estavam no local – cerca de 15 pessoas negras. A criminosa pedia que eles saíssem do restaurante e voltassem para a África, entre outras absurdos proferidos às crianças, tais quais ‘pretos imundos’.

Confirmamos, conforme vídeos que já circulam no Brasil, que Giovanna reagiu e enfrentou a mulher, enquanto Bruno Gagliasso, seu marido, chamou a polícia. A mulher foi levada escoltada e presa.

Informamos ainda que Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank prestarão queixa contra a racista formalmente na delegacia portuguesa. A Trigo Casa de Comunicação lamenta as agressões sofridas por Títi, Bless e os turistas angolanos e apoia integralmente as ações tomadas por Giovanna e Bruno. Racismo é crime”.

Veja Também
Aplicativo Clube
Baixe o App da Clube e fique por dentro de tudo, o tempo todo.
O aplicativo de rádio mais legal da internet. Acompanhe a sua Clube em qualquer lugar!
App Clube
Contatos