Afiliadas
Você está em:
DF - Brasília
105.5 FM
Filtrar por Regiões
Todas
Nordeste
Norte
Centro-Oeste
Sudeste
Sul
DF - Brasília
105.5 FM
MG - Belo Horizonte
96.5 FM
GO - Goiânia
Rede
CE - Jericoacoara
Rede
MA - Pinheiro
90.9 FM
MG - Bueno Brandão
88.3 FM
MG - Buritis
91.9 FM
MG - Medeiros – Circuito da Canastra
107.5 FM
MG - Divino
102.9 FM
MG - Fervedouro
90.3 FM
MG - Paraíso
103.9 FM
MG - Serra da Mantiqueira
98.1 FM
MG - Sul de Minas
103.1 FM
MG - Taiobeiras
107.1 FM
MG - Unaí
93.1 FM
MT - Sapezal
97.3 FM
MT - Vera
90.9 FM
PA - Redenção
91.1 FM
PA - Tucuruí
90.9 FM
PR - Foz do Iguaçu
Rede
PR - Palotina
99.3 FM
RO - Ariquemes
92.3 FM
RO - Conesul
100.9 FM
RO - Ji-Paraná
93.7 FM
RO - São Francisco do Guaporé
88.7 FM
RO - São Miguel do Guaporé
99.7 FM
RS - Casca
88.5 FM
RS - Ciríaco
88.9 FM
RS - Erechim
90.7 FM
RS - Panambi
88.7 FM
RS - Putinga
101.1 FM
RS - Santo Ângelo
94.5 FM
RS - Não Me Toque
95.7 FM
SC - Blumenau
89.1 FM
SC - Chapecó
104.5 FM
SC - Itajaí
102.1 FM
SP - Barretos
100.1 FM
SP - Bebedouro
91.7 FM
SP - Catanduva
106.9 FM
SP - Centro-Oeste Paulista
88.7 FM
SP - Ipuã
92.5 FM
SP - Itapeva
93.5 FM
SP - Mogi Guaçu
88.1 FM
SP - Pirassununga
90.1 FM
SP - São José do Rio Preto
88.9 FM
SP - Campinas
Rede
Ao Vivo
105.5 FM

Três torcedores são condenados a prisão por insultos racistas contra Vini Jr na Espanha

Celebridades
Esporte
Publicado em

Clube FM

Esta é a primeira condenação na Espanha por um caso de racismo no futebol

Por Thays Martins de Correio Braziliense* 

Três torcedores do Valencia foram condenados, nesta segunda-feira (10/6), a oito meses de prisão por insultos racistas contra o jogador brasileiro Vini Jr, que atua no Real Madrid. Esta é a primeira condenação na Espanha por um caso de racismo no futebol.

A condenação também proíbe que os torcedores voltem a entrar em um estádio por dois anos. 

Os insultos racistas ocorreram em maio de 2023 durante partida da Liga Santander entre Valencia e Real Madrid no estádio Mestalla. O caso provocou uma onda de indignação internacional. Na audiência, os autores se declaram culpados e concordam com as sentenças solicitadas pelo Ministério Público. Eles foram condenados por crime contra a integridade moral com circunstâncias agravantes de discriminação por motivos racistas.

De acordo com a sentença, os três repreenderam Vinicius com gritos, gestos e cânticos referentes à “cor da sua pele, agindo com evidente desprezo pela cor negra da pele do jogador”. Os gritos e gestos racistas consistiram entre outras coisas em repetir os sons “uh, uh uh” e imitar os movimentos dos macacos, provocaram no jogador de futebol “sentimentos de frustração, vergonha e humilhação”. 

Ainda foi ressaltado que as ações ocorreram com o estádio de futebol lotado e perante uma “grande audiência televisiva, radiofónica e mediática”. Além disso, eles tiveram uma atenuante por terem demostrado arrependimento e pedido desculpas ao jogador brasileiro. 

Veja Também
Veja Mais
Aplicativo Clube
Baixe o App da Clube e fique por dentro de tudo, o tempo todo.
O aplicativo de rádio mais legal da internet. Acompanhe a sua Clube em qualquer lugar!
App Clube
Contatos